08/04/2008

Liberté, Égalité e Ovo Poché (2)


Neste tempo em que estou na França descobri que não existe "a cozinha francesa", mas sim "as cozinhas francesas". Assim como em qualquer outro país, a culinária na França é um grande mosaico de costumes que difere de região para região. E o caráter regional da cozinha francesa é bastante marcado. No geral, os pratos típicos de cada região estão intimamente relacionados com o clima e a produção agrícola local, mas a influência dos países vizinhos também está presente.

Um ditado diz que existem duas Franças: a França que cozinha com creme de leite e manteiga, no Norte, e a França que cozinha com azeite de oliva, no Sul. Em uma visão um pouco menos simplista, pode-se afirma que a culinária Francesa está dividida da seguinte forma:

- Norte e Nordeste da França: cozinha influenciada pelos países flamands (Bélgica e Holanda), onde consome-se muita batata, carne de porco, endívias e cerveja;

- Noroeste: a cozinha do noroeste divide-se na cozinha da Normandia, onde se consome muito creme de leite, manteiga, maçãs e cidra, e a cozinha da Bretanha, onde o forte são os frutos do mar;

- Leste: o leste da França já pertenceu à Alemanha (quem nunca ouviu falar da Alsácia ?), por isso os pratos típicos são as carnes de porco, as salsichas e o choucroute. Acompanham o vinho branco e a cerveja;

- Sudeste: a chamada cozinha mediterrânea possui fortes influências italianas, e utiliza muito o azeite de oliva, o tomate e as ervas aromáticas (as Herbes de Provence);

- Sudoeste: nesta região a culinária utiliza muito as carnes de pato e ganso, assim como os seus derivados. Na fronteira com a Espanha, região do País Basco, alguns pratos são comuns entre os dois países, como o presunto cru.

Um comentário:

karinealmeidinha disse...

nossa varios paises tem culturas diferentes de outras e a frança tambem não e diferente