11/03/2008

Claude François

Hoje, dia 11 de março de 2008, a França relembra os 30 anos da morte do cantor Claude François.

Claude François, também chamado de Cloclo, é considerado um dos maiores nomes da música francesa dos anos 1960 e 1970. O cantor nasceu no Egito, em 1939, onde seu pai era controlador de tráfego marítimo do Canal do Suez. Em 1956, com a nacionalização do canal, sua família se vê obrigada a deixar o país, se instalando então no principado de Mônaco, e posteriormente em Nice, na França.

Contrariando a vontade de seu pai, que queria que o filho trabalhasse no ramo contábil, Claude François se dedica à música. O cantor tocou bateria em um grupo de jazz de Monte-Carlo, mas pouco tempo depois resolveu se mudar para Paris, em busca de novas oportunidades. Gravando em francês versões de clássicos do rock e do iê-iê-iê, Claude François emplaca seu primeiro sucesso em 1962: Belles, belles, belles. Daí para frente, uma legião de jovens vai acompanhar o cantor por toda a sua carreira.





Em 1966, Claude François passa a fazer suas apresentações acompanhado das Clodettes, algo equivalente às Chacretes no Brasil. Com músicas dançantes e coreografias um tanto extravagantes, Claude François torna-se um dos maiores sucessos das pistas de dança.

A carreira de Claude François também foi marcada por diversas acontecimentos extraordinários: o cantor sofreu um acidente de carro em 1970; em 1973 o cantor é agredido por um fã durante um show; em 1975 o cantor foi um dos poucos sobreviventes de um atentatdo do IRA, na Irlanda do Norte; em 1977 ele é perseguido na estrada por um carro, e escapa de uma tentativa de assassinato. Outro fato curioso foi que, durante algum tempo, Claude François escondeu que não tinha somente um, mas sim dois filhos. Tudo para manter a sua imagem de bom moço !





Em 1977, a França foi pega de surpresa. O cantor tomava banho em seu apartamento em Paris. Ao levantar-se da banheira, Claude François resolveu arrumar uma lâmpada que ficava na parede. No auge de sua carreira e com somente 39 anos, Claude François morreu eletrocutado.

O cantor se foi, mas seus sucessos e sua fama ficaram. Atualmente, entre CDs, DVDs, livros e outros produtos, Claude François representa um negócio que movimenta em torno de 10 milhões de euros por ano.



3 comentários:

L'Hippopotame disse...

Kkkkkkkkk!!!
Bizarro...
Adorei!
As coreografias são ótimas...

Anônimo disse...

Não conhecia Claude François, como estou estudando francês, baixando algumas músicas francesas me deparo com esse talento. Que pena que ele morreu tão precocemente! Mas, quem constrói uma história como a dele não morre nunca. Agora também sou sua fã!

Unknown disse...

Esse rapaz era um talento extraordinário! Escapou de um ataque bomba do IRA mas morreu no auge e num acidente doméstico. A vida é um fio de cabelo que temos que aproveitar cada segundo mesmo!
Conheci Cloclo no filme My Way e já virei seu fã. Somos da mesma idade e o tenho como referência para minha vida a partir de agora. ENJOY EVERY LITTLE SECOND OF YOUR LIFE! DON'T LOSE ANY!